29.5.07

volte-se para o que você conhece

Motivado por leituras que eu fiz de meus blogs passados, principalmente pela postagens anterior ter referência a eles, comecei a perceber algumas coisas. Em 2004 eu era mais poético, escrevia com mais firulas, palavras mais bonitas, algo fora do arroz e feijão que faço agora, mas nem vejo isso como algo ruim... Talvez esteja agora mais acessível que antes.

Mas uma das coisas que não mudaram é que eu continuo atrás da mesma pessoa. Calma calma, não quer dizer que desde aquele tempo eu sou fiel e a amo com a intensidade branca de um milhão de sóis, é que voltou mesmo e estou afim de recuperar o tempo perdido... Então que seja.

De resto, acho que tudo parece bastante igual: meus leitores são os mesmos, eu continuo intercalando o que eu escrevo com comentários musicais e eu continuo gordo, mas isso nem tem muito a ver com o blog. Ou tem? Fiquem ligados...

Só pra ficar registrado aqui um trecho de algo que estou compondo:

"Mil desculpas por você se entregar,
eu não estava disposto a fugir.
Você foi tão delicado comigo,
enquanto estava preso nesse abrigo"

ESTOCOLMO

23.5.07

nada de novo de novo e novamente e eternamente...

Sei que acabei de recomeçar minha fracassada vida em blogs (vide anteriores http://h0st.weblogger.com.br/ e http://atemporal.blogdrive.com/ ), mas talvez até considere um fim rápido e indolor para o mesmo.

Nem, deixarei ele viver, apenas cansei dessa vida devota a internet, talvez um bode pelo fim das férias que está vindo e a volta ao trabalho com o que!? Internet, pra variar.

Cansei das pessoas que me assolam todos os dias lá e, se você é uma delas, me perdoe, talvez eu seja a raiz do problema e não você... Dando um fora pelo blog, isso deve doer mais do que um fora por SMS, hein? Idiotices a parte, sim, eu realmente cansei daqui em modo geral. Orkut, Messenger, Last.FM...

Se eu vou parar de usar? Não, mas talvez me distancie um pouco mais... Resoluções de ano novo que nunca se concretizam.

Se teve uma utilidade para esse dia foi pra constatar que o CD Novo do Funeral for a Friend é um lixo e dar risada com os idiotas da comunidade do Bidê ou Balde. Ainda assim, acho isso muito pouco para dar uma valia ao meu dia. Ah Redenção dos Porcos, o nome do novo CD do Violins, esse foi o ponto alto do dia, com certeza. Meu Deus, me dê uma vida urgente.


19.5.07

de volta às tardes de outono

Dia extremamente feio, com cara de chuva e frio e sem muitos anúncios de melhoria... Mas isso não é previsão do tempo, então passemos pra frente porque daqui a pouco vou a um churrasco.

Hoje realmente deu um bode existencial daquela coisa meio adolescente "ninguém-me-ama-ninguém-me-quer" mas deixa-se pra lá e releva, pra gente viver o resto da vida normalmente.

Nem sei porque estou fazendo isso agora, talvez porque eu ainda acredite no propósito desse blog que eu nem lembro para que serviria... É uma vergonha, realmente, mas tudo bem, a gente vai relevar isso por hora também.

Esse bode e essa vontade de escrever deve ser por causa de Jeff Buckley, cara que sempre me faz querer pensar e viver de poesias musicadas, ao cair de amores por alguém de minuto em minuto. "Eu não quero chorar por você. Eu não quero te amar" ele dizia, e ele estava certo para diversas pessoas... Querer a gente não quer, mas a gente cai fácil demais...

E cair pela quinta vez e que é o pior. A pergunta que não quer se calar: "Porque após cinco vezes você ainda se acha no direito de tentar e de conseguir?"

Obrigado pelas questões sem resposta caro senhor Jeff Buckley...

Mojo Pin - Jeff Buckley

12.5.07

Dia 005 ou considerações apenas

"Você não quer ir para o vazio?"

Josh Homme, Queens of the Stone Age

"Eu não preciso de você para me libertar"

Nick Cave, Grinderman


Não, obrigado! Nos primeiros dias de minhas férias sinto que vou muito bem, sem maiores complicações, apesar das coisas a minha volta!

Quarta-feira no ensaio com meu primo (a banda ainda não tem nome, se tiver alguma sugestão, estamos aceitando) compusemos duas músicas, uma chamada MAIS UMA VEZ (nome provisório também) e a outra ZUMBI TELEVISIVO.

Sexta, também conhecido como ontem aproveitei e tive um gostinho de pop no show da Ludov! Banda boa, entrosada pra caramba e eu voltei nos meus sonhos de ter uma banda com uma vocalista... Demais isso e é algo que não sai da minha cabeça (se tiver alguém interessado, me avise também).

Enquanto isso vou compondo mais algumas coisas aqui, sempre depois de um bom show eu fico com vontade de compor algo, fazer sucesso e viver disso, enquanto isso eu aproveito as férias que meu emprego de não-músico me propiciou.

A única coisa de depressivo que tenho em minha vida atualmente é o vício pela primeira música das epígrafes, Into the Hollow. Ou seja, vou muito bem mesmo, obrigado!

6.5.07

Hoje meus domingos não são mais depressivos

"A saudade ainda vai bater no teto".

Daquelas daquelas... Sem muita coisa para fazer, então ficou naquelas de arrumar as coisas, ensaiar um pouco e arrumar mais coisas.. Me preparando para minhas vindouras férias (terça-feira está aí) e ver qual vai ser o meu plano de voô...

Nem sei se irei viajar ou algo do tipo, mas sei que irei encontrar alguns amigos em São Paulo e de resto apenas o Lorde sabe.

Por falta de algo melhor para fazer, aí vai a lista do meu LAST.FM dessa semana.










Bom, foi isso... Boa semana para os fantasmas que aqui rondam.

4.5.07

Como Tia May diria...

Citação obrigatória:
Eu não matei minha mulher!
Richard Kimble


Se a Tia May (tia do Peter Parker) fosse real e estivesse viva, ela mereceria o emprego de "escritora da 'sorte de hoje' do orkut"

Poxa, eu vou ganhar roupas novas... Mal posso esperar!

( Quem lê isso entende que eu vi o Homem-Aranha 3 hoje? Entende também que estou vendo O Fugitivo?)

3.5.07

UNO ou "eu penduro meu casaco no primeiro bar"

"Estou a milhas de onde você está,
eu me deito no chão frio

e rezo para algo me pegar
e me colocar em seus braços quentes"

SNOW PATROL - Set the Fire to the Third Bar (Eyes open)


O que esperamos de mais um começo?
Com certeza mais um fim e isso é só...
E com essa epígrafe?
Nada demais, só me inspirou ao título desse novo começo.
Mais alguma coisa?
Não, por hora é apenas isso mesmo.

Mesmo porque, minha vida não teve nada de interessante mesmo.