28.4.08

Pensamento #98 - A

eu gostaria de saudar as cinzas da bandeira americana...

27.4.08

Feeling Good

pássaros voando alto,
você sabe como eu me sinto,
o som no céu,
você sabe como eu me sinto,
os juncos flutuam por...
você sabe como eu me sinto,
é uma nova alvorada, é um novo dia, é uma nova vida,
para mim, e eu me sinto bem.

os peixes no mar,
você sabe como eu me sinto,
o rio correndo livre,
você sabe como eu me sinto,
as flores na árvore,
você sabe como eu me sinto,
é uma nova alvorada, é um novo dia, é uma nova vida,
para mim, e eu me sinto bem.

as líbelulas estão por aí no sol,
você sabe o que significa, não sabe?
as borboletas todas estão se divertindo,
você sabe o que siginica,
durma em paz,
quando o dia acabar,
é um mundo velho e um mundo novo e um mundo arrojado,

para mim...

as estrelas que birlham,
você sabe como eu me sinto,
o cheiro de pinho,
você sabe como eu me sinto,
e a liberdade é minha,
e você sabe como eu me sinto,
é uma nova alvorada, é um novo dia, é uma nova vida,
para mim, e eu me sinto bem.

_

essa música tem se tornado um grande expoente para mim desde 2002, quando a conheci. Tem embalado os melhores momentos da minha vida ou pelo menos as grandes empreitadas. E que assim continue, na versão do Muse. Poxa, eu falo tanto de música que eu tinha que homenageá-la aqui... Principalmente num domingo descrente e que não passa Cold Case.

26.4.08

Devaneio #8: Me faça esquecer meu nome

fui atacado por um mal,
dois dias sem tomar banho e não fazer a barba são seus sintomas,
estou suando sangue
e talvez eu queira queimar no inferno com você

22.4.08

Espere o sonho passar para poder acordar

Vira o dia e está chegando mais um novo dia,
atribulado até a medula,
encontro com os amigos depois do(s) trabalho(s)
mas antes muita penação,
tiro de todos os lados,
reclamações e stress,
e daí?
a vida seria muito chata sem tudo isso...
pelo menos sem parte disso!
E eu espero absurdamente que eu acorde com esse mesmo pensamento as 7h30.

Pensamento #85, #86 e #87

eles fazem sonhar os seus sonhos...
eles me fazem gritar os seus gritos...

Matt Bellamy

Eu já sou um ser inadequado,
não me enquadro mais no que eu faço a quatro anos.
Agora sou uma pedra no sapato,
uso e sou usado, não faz parte dos meus planos.

GC - Indefinitivo do Pretérito (nome fictício para uma música longe de existir) - demo

As coisas acontecem no escuro,
vendado, fudido e falido, e daí?
Invisto contra ti aos murros,
e provo que eu nunca esqueci.

Gustavo Clark - As coisas que acontecem no escuro - que seja demo para sempre

19.4.08

Pensamento #84

Se o meu dia não tivesse sido cheio, o fato de eu estar vendo "10 Coisas que eu odeio em você" a essa hora seria a coisa mais deprimente em minha vida.

Oh la la

hoje eu recebi um telefonema daqueles que nunca se espera,
e que sempre ajudam na auto-estima de qualquer um...
Pois bem, decerto eu quase peguei o carro pronto para fazer uma breve viagem,
mas nem tanto, então mudemos de assunto...

16.4.08

Pensamento #83

No ramo da publicidade, não tenha boas intenções por conta própria....

15.4.08

Ela não é uma outra conquista...

Hoje seria um dia muito especial, se isso fosse há dois anos atrás...
Agora é um dia normal de trabalho e sem nada que o torne especial.
Antigamente eu diria " Meu reino por um beijo no teu ombro"
e hoje eu me sinto cansado demais para sequer beijar o teu rosto,
quem dirá montar uma série de eventos (na minha cabeça, infalíveis) para você lembrar dos velhos tempos...
Tudo isso passou, ainda bem, em partes,
em outras partes, seria interessante chegar um dia como hoje se tudo tivesse dado certo,
poderiam ser três anos...
De quê? Não sei.
Melhor nem se aprofundar nos pensamentos.

13.4.08

antigamente eu diria "meu reino por um beijo no teu ombro"

Difícil acreditar como eu tenho durado tanto tempo assim...

Eu, que em outrora era um cara inconstante e que vivia atrás de alguém para idolatrar e compor sobre, poesias e canções, o que se encaixava melhor - ou não - em melodias. Que insistia em ouvir milhares de músicas ao mesmo tempo (eu ainda o faço) e localizar frases que gerassem um lugar comum entre a minha pessoa e o compositor (isso eu não tenho feito). Eu que sacrificava tudo o que eu estava fazendo para atender um telefonema / responder uma mensagem / ignorar o que eu estava fazendo (sendo estudando para uma prova ferrada na faculdade ou trabalhando num emprego recém conquistado) para atender a um simples chamado da pessoa que, oh, precisava de atenção.

Mais difícil ainda é olhar pro agora e acreditar que eu mudei nesses aspectos...

Tá certo que eu sinto as vezes que estou dedicando tempo demais a essa rotina de dois trabalhos, mas nem tem sido um incomodo, na verdade, tem se tornado justificativa para eu não dar mais murro em ponta de faca ou correr atrás do que não existe ou ainda fingir que tudo que acontece próximo a mim realmente me diz respeito e ceder a esse impulso da constante mania de perseguição que me assola.

E que essa vida eterna se siga.

6.4.08

um homem sozinho não pode fazer nenhum mal...

A nossa fé em vocês permanece inabalada,
apesar de toda a turbulência a qual fomos submetidos recentemente,
ainda apresentamos motivos para termos esperança,
seguir com nossas crenças,
levantar o queixo
e seguir...
Para parar indefinidamente,
ou nem parar,
passar direto, sem maiores questionamentos.
Pela simples necessidade de continuar,
e que assim seja.

4.4.08

Uma onda de saudosismo bateu sobre mim essa semana.

"Ah Gu, pára de correr atrás dela... Ela não te dá valor porque sabe que você tá atrás dela... Começa a dar uns gelos nela e tal, assim você vai ver como ela vai começar a te procurar. Foi assim que aconteceu comigo"


Essa frase gira na minha cabeça nesse momento, pois me lembra dos caminhos para a faculdade em que as pessoas iam se aconselhando um bocado. Saudade desses tempos...

1.4.08

j1 ou quando o dia encontra a lua

Em um hotel de Buenos Aires,
pessoas nos olhavam tortas, mas e daí?
Éramos todos felizes com nossas próprias idiotices e frivolidades para se preocupar,
mas nem nos preocupávamos,
vagavamos, brincando com carrinhos de supermercados pela rua,
acho que as pessoas não entendiam,
talvez nem nós.
Sei que eu não entendi o meu espanto ao te ver na rua,
o que me fez proferir aquelas palavras
"você está absolutamente linda"
e beijá-la,
com aquela sensação de anos de vontade / necessidade daquilo,
embora nunca tenha feito esforços para se tornar verdade

...,mas acordar depois com vontade de te ligar.

Dia o quê?

Hoje era dia da mentira.
E parece errado, e está, mas dane-se.
Não menti pra ninguém e nem preguei nenhuma peça.
Nem me lembro se alguma vez já fiz isso...
Também, quem se importa?
Agora estou aqui trabalhando e morrendo de sono e aquele comecinho de dor de cabeça...
E sou obrigado a ouvir a piada sem graça do Jô Soares:
"hoje o programa não vai ao ar, me desculpem e blablabla..."
ninguém acreditou. Nem eu...
Bom, já perdi muito tempo com palavras a esmo e a toa e em vão.
Bom sono para quem já dorme,
boa noite onde quer que você esteja...