21.2.12

"Vamos trabalhar sem fazer alarde..."

"Quanto riso, ó quanta alegria..."
Assim como dizem que amor de verão não sobe a serra,
carnaval acaba e toda a ilusão inicial dele vai pelo ralo também,
eu era sambista, mas isso acabou na quarta-feira de cinzas,
eu era um boêmio, agora voltam-se os dias de despertador, malhação e dieta do couve-flor,
eu descansava demais, agora retornaremos a programação normal onde somos movidos pela velha e tediosa rotina onde dois e dois são quatro,
e, Jovelina Pérola Negra estava errada, pois todos os dias se zangaram e parecem chover.

Nenhum comentário: