23.5.11

O que importa agora que você nunca voltará para casa?

Você me entende quando nem eu mesmo me entendo...

Nenhum comentário: