26.3.11

26

A cada dia que passa eu me convenço mais que preciso aquietar,
a vida de solteiro já não me interessa...
Começa a bater a pressa do agora.
Já não tenho mais pique de pular de bar em bar,
preciso de alguém pra dividir interesses
e desse modo me sentir um ser humano melhor.

Voltar sozinho para casa é depressivo,
se não fossem meus amigos eu estaria morto agora.
Entre solavancos eu vivo,
vivendo como dá e festejando besteiras como em outrora.

Então eu viro uma lata, termino o poema,
esqueço o dilema que me afligia.
Deixa pra lá, afinal, você não quer levar tristeza alguma consigo pra nenhum lugar.

2 comentários:

Mariana Rugani disse...

Acho que estou nesta fase também Clark. Mais uma hora as coisas acontecem. Da forma mais despretenciosa e inesperada. O importante é ter fé e paciência!

Anônimo disse...

Sometimes what you seek is right in front of you and you simply do not realize...