24.6.08

Finis Operis

E são tantas idéias,
fora o fim da temporada de sete anos em meio a uma "segunda vida" em que vivi por um ano e meio,
e assim deixe-me tentar colocar minha cabeça no lugar,
me sinto um tanto vazio,
tnata coisa para perguntar, porém nada exatamente, pois tudo estava bem explicado...

Só preciso respirar um pouco e pensar em novos rumos,
ordenar o efeito que essas 956 páginas surtiram em mim,
e isso parece agora uma tentativa de auto-consolo por parte de uma viúva,
de modo que me sinto mais ridículo por isso do que achei que seria na teoria...

Tantas frases ecoaram por tanto tempo...
" E você pode ir embora agora...
Caiu. Não, atirou-se no chão"

E a idéia de se fugir do grande tédio habita minha mente também.

E depois do finis operis, fico aqui
tentando ordenar pensamentos, ensinamentos e novas teorias,
tentando aplicar na minha vida,
algo que em breve fará todo o sentido do mundo para mim,
e apenas para mim.

Nenhum comentário: