13.5.08

Quase sem respirar...

Eu apenas me divirto um bocado com a discórdia alheia e com o modo como algo sempre acontece na tua vida, de modo que apesar de inúmeras tentativas você não consegue evitar e, para ser mais fácil e tentar fazer graça de tudo, você coloca a culpa num tal de Murphy aí que nunca conheceu e nunca vai conhecer, mas é melhor assim, pois evita de que você culpe os seus erros e suas falhas de ser humano, coisa que comete, ahhh, e como comete, mas pode ficar tranquilo que esse não é meu papel, de apontar o dedo, quem dirá o dedo do meio, nem faria isso com um completo desconhecido, mas só quero mesmo te trazer a discórdia com algo que não era para te fazer tanta diferença... Mas faz.

Nenhum comentário: