6.11.07

sobre nada e tudo (ou sobre a falta)

E eis que o respeito é mútuo, certo!? Erradissimo...

Pequenas frivolias, tidas como importantíssimas quando citadas em algum programa qualquer da perda de tempo chamada de televisão, são pequenas frivolias e só... Não confie numa coisa chamada etiqueta, pois isso deve ser a maior balela já inventada desde os tempos da maçã do amor (que cá entre nós, é o doce mais sem graça que existe).

Se o respeito existe, deve estar bem escondido... Se ele é mútuo, eu devo ser cego. E se eu vejo motivo em dar essa declaração como se fosse de grande valia para o funcionamento do mundo, é mera falta do que fazer aliada a possibilidade de fazer algo um mol de vezes melhor e mais produtivo que é o sono.

Se o respeito não existe mais e morreu, deixem-o em paz, já que brincar com os mortos é falta de respeito.

Nenhum comentário: