25.8.07

...você já é a voz em minha mente

"Deixa eu achar,
que eu tenho direito de te cobrar alguma coisa...
alguma satisfação
ou justificativa pra ter feito o que fez..."


O drama existencial chega ao máximo e não me resto mais dúvidas que eu preciso de uma nova vida... Nem tanto assim, eu preciso de alguém pra me preocupar. Uma namorada / esposa / "ficante"(por mais que eu odeie esse termo). Essa frase acima é uma nova música que eu faço e está falando sobre você cobrar coisas de quem não teve nada pra você... Cobrar satisfação, fidelidade ou o cassete á quatro de alguém que está tão longe de você e você o faz por comodismo, falta do que fazer, solidão, sei lá, viu...

Fiz isso ontem e fui dormir, deitei na cama e percebi como eu sou um idiota de ter feito isso... E como eu me senti mal, de qualquer forma, como se eu estivesse sendo usado ou sei lá mesmo... Putz, essa semana eu passei assim mesmo Evitei não pensar, evitei qualquer coisa que me lembrasse esse estado que me encontro, mas faltou algo, provavelmente ALGUÉM.

Enfim, foda-se... É só o que me resta dizer ou pensar mesmo.

Nenhum comentário: